Angola Cables é uma empresa que se dedica à comercialização de capacidade de transmissão de dados e voz, assente na tecnologia de cabos submarinos de fibra óptica, venda de IP (Internet) e serviços de Colocation no Angolasnap, o Data Center da Angola Cables.

Apesar de baseada em Angola, a Angola Cables está a tornar-se cada vez mais internacional, possuindo já a Angola Cables Brasil, uma estrutura que permite acompanhar a prospecção de clientes e o desenvolvimento dos novos projetos. Apesar do enorme investimento de expansão internacional, a empresa, ainda que apenas com poucos anos de atividade, adoptou sempre as melhores práticas ambientais e assumiu uma cidadania empresarial activa, apoiando vários projetos

A Angola Cables SA tem como accionistas a Angola Telecom, a Unitel, a Movicel, a MS Telecom e a Startel, e a sua atividade comercial foi encetada pela inauguração da Estação de Cabos Submarinos de Sangano que liga o país ao West Africa Cable System (WACS), que atravessa a costa oeste africana ligando-a à Europa e, no mesmo ano (2012), pela inauguração da Angonap, o Data Center da empresa e ponto de acesso no centro de Luanda.

Com o objetivo de aumentar a interligação entre Angola e o mundo, a Angola Cables responsabiliza-se pela gestão e desenvolvimento do WACS em Angola e pela disponibilização de capacidade de transmissão internacional a operadores de telecomunicações. Para além disso, a empresa está a construir uma rede que inclui pontos de presença da Angola Cables (PoPs) na Europa e na América, dois novos cabos submarinos de fibra óptica ? o SACS e o MONET e um Data Center no Brasil, que permitem ampliar os serviços e a capacidade de comunicação. Para tal, a Angola Cables está a investir cerca de 300 milhões de dólares, valor que cobre a construção do SACS, do MONET e do Data Center em Fortaleza, projetos que surgem por uma necessidade de mercado e como parte de uma estratégia de desenvolvimento do país traçada pelo executivo angolano. (Villasegolfe)

por Maria Amélia Pires

Deixe um Comentário

Você deve estar logado para escrever um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.