Produtor Musical, arranjador e guitarrista

Alberto Cardoso de Andrade Feijó,”Betinho Feijó”, natural de Luanda nascido em 26 de Outubro de 1960,filho de Caetano da Silva Feijó e da Madalena Augusta Cardoso de Andrade Feijó.

Desde os 5 anos que sinto grande apetência pela musica. Nessa idade já me imaginava como guitarrista profissional. Foi assim que comecei a construir guitarras feitas com latas de azeite doce, braço de madeira e cordas de fio de pesca. Passava os dias a tocar e às vezes esquecia-me de fazer os deveres escolares, razão que levava os meus pais a zangarem-se e muitas vezes a tirarem-me o brinquedo preferido: a minha guitarra de lata.

Sempre que podia frequentava as festas do meu Bairro Rangel, onde aproveitava para espreitar os maiores guitarristas da altura.

Aos 10 ano formei o meu primeiro grupo denominado Tópicos do Ritmo, onde tentava executar as melhores músicas da época e é por essa altura que o meu irmão Palão, me oferece a minha primeira guitarra semi-professional.

Em 1975,faço parte do Grupo Musical da OPA. Um ano depois integro o Agrupamento”Os Dipandas”onde ganhei muita experiencia e comecei a entrar no mundo do profissionalismo musical.

Desde 1976 passei pelos seguintes grupos:

Juventude Revolucionária, África Njonze, Seleção de Luanda, Diamantes Negros, Experimental 1º de Maio e Banda Dionísio Rocha entre outras.
Entre 1977 e 1980 estudei na academia de Música de Luanda.

Em 1983 integro o conjunto Os Merengues, onde permaneço até 1993, altura em que o Conjunto termina e obriga-me a tentar uma nova aprendizagem.
Escolhi Portugal pela referência que tinha de alguns músicos que ali viviam e também pela facilidade de língua.

Resolvi tentar novos conhecimentos, tirando o melhor partido das escolas que existem em Lisboa, cidade que escolhi para viver.

Em Portugal a partir de 1993, trabalho com os Mabucos, Afro Sound Star, Kussondolola, Katió 2000, Semba 7, Dizoma, Justino Delgado, Cacaio, Netos de Gumbé e Carlos Có (Guiné), Fortinho, Lura, Juka, Os Melodies, Vaiss (Cabo verde), Tonito, Milá Melo, Emitério Varelo, Duali Jair, Aiaia, Nani, Dom Caetano, Dom Kikas, Maya Cool, Isaley, Eduardo Paim, Tropical Band, As Gingas, Banda Maravilha, Raul Ouro Negro, Paulo Matomina, Yuri da Cunha, Serginho, Kota Ikuma, Nelo de Carvalho, Chico Viegas, kyaku kyadaff, Paulo Flores, Ivan Alekxei, Micas Cabral, Dias Rodrigues, Damia, Fontoria, Eduardo Paim, Mago de Sousa, Angelo Boss, Dalas, Yuri da Cunha, Belera, Dr Mingudy, Silvio, Esmeralda, Caló Pascoal, Teta Lagrimas, Melvi, Antoninho, Juka, Daniel Nascimento, Luis Ferreira, Mamukueno,
Filipe Mukenga, Matias Damásio, Os Garimpeiro, Rei Helder, Konde, Puto Português, Anselmo Ralph, virgul, Jorge Monteiro, Belmiro Carlos, Semba Masters, Pierre akendengue, Klim Mota, Dom Power, Ineida Marta, Elias Diá Kimuezo, Bangão, Bonga, etc.

As minhas primeiras produções musicais e arranjos datam de 1996:

Zé Maria Boioty, Carlos Lamartine, Maya Cool, Dom Kikas, Canto Angolando (Projeto da Sonangol), Carlos Burity, Angêlo Boss, Belita Bel, Yuri da Cunha, Paulo Flores, Irmãos de Almeida, Mike Pemba, Lura, Voto Gonçalves, Margareth do Rosário, Toya Alexandre, Patrícia Faria, Dina Santos, Armanda Cunha, Rui Minga, André Minga, Santocas, Santos Júnior, Embaixador, Teta Lagrimas, Jorge Rosa, Gersy Pegado, Kota Ikuma, Robertinho, Bela Chicola, Vava, Gijas, Belito Campos, Belmiro Carlos, Daniel Nascimento, Luís

Categorias Relacionadas

Deixe um Comentário

Você deve estar logado para escrever um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.