• Minha cidade mais próxima

Angola Cables expande cobertura da sua rede IP a nível Global

A multinacional angolana de telecomunicações, Angola Cables adicionou, nas últimas semanas, novos pontos de troca de tráfego no Brasil (São Paulo e Fortaleza) e nos Estados Unidos (Miami, Nova York e Ashburn).

Segundo Darwin Costa, gestor de produto IP da Angola Cables, os novos pontos de peering irão melhorar significativamente o desempenho geral da rede da Angola Cables e reduzir significativamente a latência nas comunicações globais dos utilizadores da nossa rede, tornando-a mais robusta e confiável.

Neste momento, a Angola Cables possui atualmente atividades de peering dentro dos seguintes Pontos de Troca de Tráfego: Angonix (Luanda, Angola), GigaPIX (Lisboa, Portugal), LINX (Londres, Reino Unido), DE-CIX (Frankfurt, Alemanha), AMS-IX (Amesterdão, Países Baixos), França-IX (Marselha, França), Espanix ( Madrid, Espanha) e Nap da África (Cidade do Cabo e Joanesburgo, África do Sul).

Com a entrada em funcionamento do Monet, sistema de cabos submarinos que liga o Brasil ao Estados Unidos, regista-se uma melhoria significativa da conectividade e capacidade entre os dois países.

“A recente mudança para as Américas faz parte de uma estratégia global e direccionada, que busca uma melhoria contínua da nossa rede IP, interligando-se por meio de ligações diretas a datacenters com densidade aos principais pontos de troca de tráfego no Brasil e Estados Unidos. Colectivamente, essas iniciativas estão a ter um impacto positivo na qualidade do ecossistema de IP trânsito, backhauling e produtos Mpls / VPN em uma rede IP de categoria de operadora. ” disse Darwin Costa.

Darwin Costa conclui que “desde a implementação do nosso Ponto de Troca de Tráfego em São Paulo, Brasil que nos tornou membros do IX.Br, o maior ponto de troca de tráfego com maior número de membros activos no mundo, foi registado um crescimento acelerado e exponencial na base de peering em sessões IPV4 e IPV6.